Glossário
  • Aval bancário Garantia prestada por um banco para uma dívida contraída por uma determinada empresa.

  • Aumento de capital Operação de reforço do capital social de uma sociedade através da entrada de fundos fornecidos pelos seus sócios ou accionistas. O aumento de capital pode, ainda, realizar-se por entrada de novos sócios ou accionistas na empresa. Outra forma de aumento o capital social é mediante a incorporação de reservas da sociedade ou, ainda, por conversão de obrigações convertíveis (warrants), caso tenham sido emitidas pela instituição.

  • Autofinanciamento Financiamento com recurso a capitais gerados pela própria empresa no decurso da sua actividade, isto é, através dos resultados líquidos obtidos. O autofinanciamento evita o recurso a capitais alheios, onerosos, bem como, o recurso a incrementos de capital por parte dos seus sócios ou accionistas de modo a poupar o esforço financeiro dos mesmos. O inconveniente desta estratégia é a distribuição dos lucros aos detentores de capital ser mais reduzida (menor remuneração do capital).

  • Aval Garantia dada por uma terceira pessoa ou entidade ao credor de um crédito concedido. Quando se tratam de créditos bancários, o aval é, geralmente, uma garantia pessoal representada pela assinatura do garante no documento que titula a dívida. Mas existem outras situações como os casos em que o Estado dá o seu aval à emissão de um empréstimo obrigacionista. A entidade que dá o aval denomina-se de avalista.

  • Assembleia geral extraordinária Reunião, não prevista na lei, dos accionistas de uma sociedade para debaterem os temas que considerem oportunos.

  • Assembleia geral ordinária Assembleia que deve celebrar-se uma vez por ano e que tem um conteúdo mínimo legal referente à prestação de contas anuais e à distribuição dos resultados. Deve celebrar-se nos seis primeiros meses do ano.

  • Auditoria externa Actividade desempenhada por uma entidade independente e externa à empresa, cuja tarefa consiste em verificar as suas demonstrações financeiras, executando todos os testes e averiguações que entenda necessários, para que estas reflictam a verdadeira situação patrimonial da empresa.

  • Arbitragem Consiste na venda/compra de valores mobiliários numa praça financeira e na sua aquisição/venda simultânea numa outra, de forma a aproveitar a diferença de cotação existente entre ambas as praças. O conceito teórico de arbitragem implica a inexistência de risco nesta estratégia, bem como a ausência de qualquer capital próprio envolvido. Na prática, é natural e possível que determinadas operações de arbitragem incorporem algum risco (embora muito reduzido) e envolvam algum capital próprio.

  • Ask (Vendedor) - Preço correspondente ao melhor vendedor. É o preço a que o vendedor está disposto a negociar para transaccionar as suas acções em carteira. Representa assim o preço que teremos de pagar para comprar uma determinada acção.

  • Aplicação de resultados Repartição dos resultados anuais de uma empresa, pelas respectivas rubricas de capital. Estas podem ser reservas legais (5% dos resultados positivos anuais de forma obrigatória), estatutárias, contratuais e livres. Os resultados podem também ser distribuídos aos accionistas sob a forma de dividendos, repartidos pelos trabalhadores a título de bónus ou manterem-se em resultados transitados. No caso de existirem prejuízos, estes poderão, por exemplo, ser cobertos por reservas.

  • Apreciar Valorizar; aumentar o preço; por exemplo, quando a cotação de uma acção sobe, diz-se que ela se apreciou.

  • Aquisição Obtenção do controlo de uma determinada empresa concretizada pela compra da maioria do seu capital ou de parte do mesmo, desde que neste último caso, exista uma efectiva detenção de direitos de voto suficientes para exercer esse controlo.

  • Análise SWOT Estudo de avaliação do posicionamento de uma empresa face à sua envolvente interna e externa, sendo a primeira componente analisada com base nos seus pontos fortes (Strengths) e fracos (Weaknesses), e a segunda componente analisada com base nas oportunidades (Opportunities) e ameaças (Threats) do mercado onde actua.

  • Ano financeiro Período no qual as empresas procedem à elaboração das suas contas. O ano financeiro pode, no entanto, não corresponder ao ano civil para efeitos contabilísticos. Em Portugal, verifica-se a coincidência entre ano financeiro e ano civil (entre 01.01 e 31.12). Existem outros países em que o ano financeiro/fiscal termina a 31.03 (ex: EUA)

  • Análise financeira Consiste no exame do Balanço e da Demonstração de Resultados de uma empresa, submetendo-os aos estudos mais críticos no sentido de avaliar a situação exacta da empresa, no campo financeiro, isto é, analisando a sua tesouraria, situação de devedores e credores, financiamento do seu imobilizado, os custos e proveitos, etc.

  • Amortização antecipada Pagamento de uma dívida ou de uma prestação de capital com vencimento futuro, antes do prazo previamente estabelecido. Por vezes, as empresas que contraem empréstimos obrigacionistas procedem a amortizações antecipadas de parte do capital em dívida realizando sorteios de algumas obrigações cujo valor é restituído aos respectivos titulares (credores) antes do prazo de vencimento acordado. Uma entidade pode, também, amortizar antecipadamente uma dívida ao banco credor. Porém, nestas situações, o banco pode cobrar taxas penalizadoras ao cliente, como forma de obter alguma compensação pelos juros que deixará de receber.

  • Amortização empresarial Abate que diminui o valor contabilístico de balanço dos activos imobilizados de uma empresa, em função do seu uso e desgaste, ou da sua vida económica.

  • Amortização financeira Operação financeira que consiste no reembolso total ou parcial de um empréstimo. O plano de amortização estipula o montante de prestações periódicas (mensalidades, trimestralidades, semestralidades ou anuidades) que serão satisfeitas pelo devedor até à extinção integral do empréstimo.

  • Alienar Alienar um bem é vendê-lo, ou seja, transmitir a sua propriedade a outrem.

  • Alta Diz-se que o mercado ou que um título se encontra em alta, após um movimento de subida das suas cotações no mercado, ou quando se atinge um valor máximo absoluto ou relativo dos seus preços na bolsa.